La Chimère por: Memórias a Bordo

La Chimère Essence: charme em Búzios

Sempre rolou aquele medinho de ter filho e ter que mudar completamente nosso estilo de viajar – ou ter que parar de viajar ou viajar menos.

A gente sempre amou viajar e conhecer hotéis e pousadas de vários estilos. Mas alguns lugares nos encantam mais que outros. A gente também ama aqueles hotéis enormes, cheios de regalias, com mil opções pra crianças e adultos (parque, monitoria, menu kids, kids club, recreação, brincadeiras etc).

Mas também existem (ainda bem) muitos lugares pequenos e lindos, charmosos e cheios de amor que recebem nossos pequenos com taaanto carinho, que a gente troca qualquer resortão por eles, de olhos fechados.

Foi o que aconteceu com a fofa e româtica Pousada La Chimère em Búzios. Que não é do tipo SUPER ‘kids-friendly’ – com parquinhos, brinquedoteca, etc – mas deixou nosso pequeno tão a vontade e fez ele se sentir tão ‘em casa’ que sem dúvidas, colocou muitos super resorts por aí no chinelo.

Não sei vocês, mas nós não vemos a tal da “infraestrutura pra criança” como ESSENCIAL e, sim, como um ‘EXTRA’ do lugar. Então, ainda bem que a La Chimère existe e fica a poucos km da nossa cidade. Ufa!

A POUSADA

Eu diria que a La Chimère é uma casa fora de casa. O atendimento é tão acolhedor, que vocês não fazem ideia! Os funcionários são uns amores e num simples bate-papo parece que te conhecem há séculos.

É uma pousada pequena, mas os quartos são puro estilo e conforto. E o café da manhã? Delicioso!

 

LOCALIZAÇÃO

E se já não bastasse toda a infraestrutura e serviço maravilhosos, a pousada está localizada na praia com o pôr do sol mais lindo e tranquilo de Búzios: na Praia dos Ossos.

Quando saímos da pousada, em poucos passos já estamos na areia da praia. Uma prainha delícia e calminha pra curtir o fim de tarde delicioso com criança.

E se depois você ainda quiser dar aquela voltinha pela Rua da Pedras, ela fica a 15 minutos de caminhada, pra quem tem disposição 😉

 

ACOMODAÇÕES

A La Chimere é uma pousada super intimista, tem poucas acomodações no total.

Mas todos os quartos são bem espaçosos, lindamente decorados, arejados e iluminados; Tem uma cama King size maravilhosa, banheiro lindo, closet e, no nosso caso, uma sacadinha deliciosa com vista pra piscina.

Só temum porém, a estrutura dos quartos comporta apenas 1 casal e mais uma cama de solteiro. Então, caso você precise viajar com mais de uma criança, por exemplo, recomendo entrar em contato com a recepção e ver uma forma de adaptar a acomodação para todos. Tenho certeza que eles vão encontrar um ‘jeitinho’.

| • BABY DICA • | Se você precisar eles montam berço ou cama extra de solteiro no quarto. No nosso caso, como a cama era King, optamos por deixar Pedro dormindo na cama com a gente (não me julguem).

 

ALIMENTAÇÃO

Sem dúvidas, o café é um dos pontos fortes (que está incluso na diária). Tudo delicioso e fresquinho com muita variedade – pães e bolos, frutas, sucos, iogurtes, e ainda tem um menu de pratos quentes deliciosos, como tapiocas, ovos e outras delícias.

E se você quiser, também pode pedir um cappuccino fresquinho que eles preparam na hora pra você.

A pousada não possui restaurante, mas eles oferecem serviços de SNACKS, como pizzas, sanduiches e lanchinhos durante o dia e à noite. Além disso, o bar da piscina oferece drinks de arrasar, experimente!

 

INFRAESTRUTURA E LAZER

Apesar de ser uma pousada pequena, a área comum da pousada é uma delícia e tem várias áreas de descanso. Mas o ponto forte de lá sem dúvidas é a piscina: uma piscina de água aquecida + hidro (isso mesmo, hidromassagem).

Apesar de ser um lugar pequeno, durante toda a estadia percebemos que todos os protocolos de prevenção à COVID-19 estavem sendo respeitados à risca: como uso de máscara, álcool gel, luvas descartáveis para se servir durante o café, etc.

Com relação à piscina, em tempos de pandemia, temos que seguir uma regra de prevenção: para usar a piscina e evitar aglomerações, os hóspedes precisam agendar um horário previamente na recepção. Tudo muito simples e rápido, sem frescura.

 


A matéria completa do Memórias a Bordo você confere clicando aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *